sábado, 7 de julho de 2007

As letras e os nomes

Dos pecados acredito em todos.
Do ocidente só vejo a culpa,
a neura e o medo de ser feliz.
No exercício da distância,
busco o calor do sol na pele morta.
A raiva alimenta a fome.
A intuição me persegue
e não dar atenção
é um esforço sobre-humano.

3 comentários:

R Lima disse...

Coincidência boa essa.. encontrar um blog de raiz similar.. e de belas poesias..

Vou virar fã..

O AveSSo e sua saga estão atualizados..


Em tempo, estou divulgando meu blog... Estou numa seqüência de 12 dias e 12 textos até o dia 12/07.. passa por lá.. o AveSSo agradece.


[ http://oavessodavida.blogspot.com/ ]

O AveSSo dA ViDa - um blog onde os relatos são fictícios e, por vezes, bem reais...

Guto Melo disse...

E eu vejo explosões e inutilidades.

Ps.: É impressão minha ou você se mudou do Recife para Angra dos Reis?

Um abraço.

Aquarela disse...

Guto
eu vivo em um veleiro, assimmudar de porto é meu destino... hoje por exemplo estou em Bari/It rumo à atenas, para a terra brasilis só volto em outubro.
bons ventos